Hippie – 2003

De vida em versos:

Passo a vida correndo atrás
Em busca de algo chamado paz.
Minha luta se baseia numa flor.

Eu sou um hippie, sou amor.

Moro no parque, na praça, na rua.
Não tenho rei, mas venero o sol e a lua.
Neste meu jeito tudo fica beleza.

Eu sou a vida, sou natureza.

Mais que tudo, ouço o coração,
Fazendo cada momento emoção.
Como qualquer outro, tenho sonhos.

Minha gente são pássaros risonhos.

Gozamos de liberdade plena,
De corpo, mente e alma serena.
Cantamos para demandar mudanças.

Somos realidade e esperança.

Vamos juntos acabar com a guerra
E lutar pela sobrevivência da terra.
Vamos manter vivo o nosso lema:

Paz e amor, a inspirar este poema.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s